Atendimento Whatsapp WEB

NOSSOS PARCEIROS

Mercado imobiliário de Bombinhas

4 Motivos para mergulhar em Bombinhas

Vamos falar sobre mergulho?

Enquanto a grande maioria dos turistas prefere viajar até o litoral e ficar relaxando na sombra vendo as ondas baterem ao longe, outros se aventuram em uma atividade um pouco mais excitante e, dependendo do ponto de vista, muito mais divertida, o mergulho em bombinhas e nas praias de bombinhas.

Temos uma boa notícia para aqueles que estão em busca de férias inesquecíveis e de experiências únicas: esta aventura pode ser vivida no cenário lindo que é Bombinhas, no litoral catarinense.

A capital do mergulho ecológico atrai turistas em todas as épocas do ano, pois são oferecidas condições adequadas para mergulho em qualquer temperatura. O serviço de mergulho nas praias de Bombinhas oferecido pelas empresas especializadas no local é completo, são disponibilizados desde os equipamentos, até aulas para mergulhadores de todos os níveis, começando pelos amadores até os profissionais.

1. Cenário deslumbrante

Independentemente do local em que você decida mergulhar, é sempre uma experiência nova. Para quem está acostumado a ver o mar apenas pela parte de cima, quando se vai ao fundo, um mundo de novidades se abre na frente dos seus olhos.

O que faz com que Bombinhas seja um local especial para embarcar nesta aventura é a sua localização geográfica, pois, há uma corrente fria que vem das Ilhas Malvinas na Argentina e uma corrente quente, vinda da parte brasileira, gerando condições perfeitas para que a vida marinha no local seja bem diversificada, um espetáculo de encher os olhos dos turistas.

Outro fato que torna o mergulho em Bombinhas um acontecimento extraordinário é saber que 60% do seu território está entorno da Reserva Marinha do Arvoredo, conhecida por suas belas ilhas assim como a própria praia de Bombinhas, que possui águas transparentes, o que deixa o mergulho ainda mais interessante.

2. Valor histórico

Bombinhas está localizada na ponta de um Península, no centro-norte de Santa Catarina e seu maior chamariz é o mergulho, desde 1980 o local atrai turistas para “desbravar o oceano”, não só pelos maravilhosos recifes de corais, mas porque o mergulho em Bombinhas também proporciona uma viagem no tempo. Nesses mergulhos é possível observar o navio cargueiro Lily, que naufragou em 1957, na Ilha de Galés.

O navio fazia o trajeto Rio de Janeiro/Santa Catarina e durante um nevoeiro bateu contra as rochas. Ele portava uma carga de 1200 toneladas, avaliada na época em 9 milhões de cruzeiros. Os tripulantes foram resgatados antes que o navio naufragasse.

Histórias sobre esse cargueiro e demais casos está lá para ser contada, no entanto, há algum tempo o acesso a esses locais se tornou restrito para a segurança dos mergulhadores, pois, os navios estão muito desgastados pela ação do tempo. O navio Lily se encontra em uma área protegida pela Reserva Biológica Natural do Arvoredo.

Próximo à Ilha do Macuco, em 1915, outro navio naufragou. Até hoje a embarcação chamada Orion chama a atenção dos visitantes, no entanto, o acesso aos destroços também não é permitido aos turistas.

3. Variedade de locais disponíveis para mergulho

Ilha do Arvoredo:

Localizada a 11km do norte da ilha, o acesso ao local é feito de barco. Em razão do encontro das correntes marinhas quente e frias, é possível encontrar arraias-manteiga, tartarugas marinhas, focas-leopardo, cavalos-marinhos e golfinhos no local. A profundidade da área varia entre 5 a 20m e a visibilidade chega a 18m. A parte sul da ilha possui sítios demarcados, com grutas, rochas, passagens e até mesmo canhões.
Ilha do Macuco ou Ilha do Amendoim:

É a ilha mais próxima do continente e faz parte da reserva do Parque Municipal do Morro do Macaco. Um canal de cerca de 500m de largura a separa do continente.
O macuco é uma ave de porte grande e o motivo que a ilha leva este nome, se deve aos indígenas, que relatavam o alto número de seres desta espécie na ilha.

Em geral, as águas são muito calmas no local, sendo um atrativo para os pescadores, e obviamente, para os mergulhadores. A profundidade vai de 2 a 11m.

Ilha de Porto Belo:

O que mais atrai turistas nesta locação é o mergulho livre, no entanto, existem várias orientações sobre como mergulhar e as várias opções de trilhas subaquáticas que tornam o mergulho seguro, tanto para crianças, quanto para mergulhadores iniciantes.
Existem seis opções de trilhas subaquáticas, todas fascinantes. Nessas ocasiões é possível fazer grande contato com a fauna marinha, além da beleza da ilha.

Praia da Sepultura:

É uma das melhores praias de Bombinhas para a pratica de Snorkel, o equipamento é composto por um tubo em formato de “J”, que fica acoplado na máscara de mergulho. A utilização deste dispositivo é indicada para os mergulhadores que desejam realizar atividades usando apenas o ar dos pulmões.

Calhau de São Pedro:

É o lugar perfeito para se fazer mergulho. Com 16m de profundidade e possui grande quantidade de corais moles.

A fauna é bem representada por peixes grandes como meros e garoupas, peixes de passagem e grandes cardumes, o que chama a atenção de mergulhadores vindos de todos os lugares imagináveis.

4. Diversidade nas formas de mergulho oferecidas:

Snorkel: é a forma mais simples de mergulho, mas muito divertida. Para realizar essa atividade é necessário usar máscara e nadadeira (pé de pato). É fundamental que esse mergulho seja realizado em águas tranquilas com profundidade de 1 a 2m no máximo, com grande visibilidade.
É recomendado para mergulhadores iniciantes e para pessoas que ainda não sabem nadar, já que ele é realizado em uma parte mais rasa do mar. Ele conta com acompanhamento de um guia, que auxilia e apresenta os animais marinhos durante o percurso de mais ou menos uma hora.

Mergulho de Batismo: Também é indicado para quem nunca fez curso de mergulhador. As atividades ocorrem em locais propícios para iniciantes, supervisionados por profissionais especializados. O equipamento utilizado consiste em máscara, nadadeiras, colete equilibrador, regulador, cinto de lastro e cilindro com ar comprimido.

Os refúgios naturais do lugar são repletos de encantos que fazem o gosto desde os mais aventureiros, até os mais tranquilos, que preferem admirar as águas cristalinas e os cenários paradisíacos que só Bombinhas proporciona.
Conheça Bombinhas, mergulhe em suas águas puras, encontre seus motivos e nos conte. Se você já praticou mergulho em Bombinhas compartilhe conosco a sua experiência nos comentários.

Conhecendo Bombinhas com os filhos

Na hora de escolher o destino para as próximas férias, muitas famílias com filhos pequenos têm dúvidas sobre qual lugar é o mais adequado para levar as crianças. Como as férias escolares são mais longas no verão, muitos pais optam por aproveitar a temporada mais quente do ano na praia.

Conhecendo Bombinhas com os filhos
No Brasil, existem vários pontos turísticos dignos de uma visita, porém, o litoral catarinense tem uma beleza ímpar, especialmente em Bombinhas, a menor cidade de Santa Catarina em extensão, no entanto, possui diversas opções de praia em sua península, 39 no total e, agradam visitantes com as mais variadas preferências.

A cidade conta com locais de mar mais calmo ou com ondas mais fortes, assim como regiões agitadas e badaladas e outras praias mais desertas. Ao partir para o litoral com a presença de crianças, quanto menores elas são, mais calmas as praias que os pais buscam devem ser.

Desta forma, ao escolher Bombinhas como destino das férias com as crianças, existem algumas praias que tem a preferência das famílias que querem curtir as férias ao lado dos pequenos.

Confira algumas atividades para aproveitar ao lado dos filhos e as praias mais indicadas de Bombinhas, para passear com as crianças:

Snorkel
O Snorkel é uma prática que permite visualizar as belezas marinhas dispensando o mergulho autônomo, onde o mergulhador fica sobre a superfície da água, com apenas o rosto submerso, usando de equipamentos próprios para esta atividade.

Esta é uma modalidade de mergulho segura e pode ser praticada em águas rasas, tranquilas e cristalinas, ideal para crianças, podendo ser praticado por pessoas que inclusive, não sabem nadar. O mais indicado, é praticar o snorkel em áreas costeiras, onde a concentração de flora e fauna marinha é maior.

O equipamento utilizado consiste em apenas um snorkel (máscara de mergulho), as nadadeiras e coletes-salva vidas são opcionais, porém, o colete é indispensável para as pessoas que não sabem nadar.

Bombinhas, a capital nacional do mergulho ecológico, possui diversas praias onde o snorkel pode ser realizado, como a Praia da Sepultura, a Praia da Lagoinha, a Ilha do Arvoredo ou Ilha do Macuco e a Praia de Bombinhas. Esses locais são conhecidos pela diversidade de espécies que possuem em sua fauna marinha, tornando o mergulho nessas áreas, um espetáculo de encher os olhos.

Museus e Aquário
Bombinhas também conta com outras opções de lazer além do mergulho e suas belas praias. O Museu e Aquário Marinho de Bombinhas, é um ótimo local para mostrar para as crianças um pouco da cultura dos antepassados que viviam na região.

A Casa do Homem do Mar é famosa por mostrar a evolução da humanidade em relação com o mar, no local, podem ser encontrados diversos itens que contam a história dos pescadores colonizadores da região. O Museu do Moinho da Comunidade do Sertão, é focado em mostrar um pouco da história da população da região e a forma como viviam no passado, seus costumes e a sua cultura.

Além de oferecer uma ótima opção de lazer para as crianças, esses locais fornecem uma oportunidade única de aprendizado para os pequenos, que descobrem um pouco mais sobre a cultura e a história do lugar que estão visitando.

Reserva Biológica Marinha do Arvoredo
A Reserva Biológica Marinha do Arvoredo é formada pelas ilhas do Arvoredo, Galés e Deserta. Essa área de proteção foi criada em 1990 e além de defender a natureza da região, também possui importância histórica e arqueológica.

O local é procurado pelos pais que gostam de proporcionar aos seus pequenos momentos únicos em contato direto com a natureza. A Reserva Biológica Marinha do Arvoredo é uma parada obrigatória para quem visita Bombinhas com os filhos.

No local também é possível praticar mergulho ecológico, visualizando tartarugas, arraias e grandes cardumes. Como se trata de uma área preservada, apenas 20 pessoas por dia podem mergulhar no local.

Praia de Mariscal
A Praia de Mariscal possui uma beleza ímpar, que se deve a sua natureza preservada, no entanto, o local não possui calçadão em frente à praia e grande parte das ruas da região não são asfaltadas, além de não possuir lojinhas em sua volta.

A extensa faixa de areia, oferece muito espaço para os pequenos brincarem, motivo que faz com que muitos pais optem pelo local para levar os filhos, considerando que o mar é um pouco mais agitado na região, ou seja, para as crianças brincarem na água, é necessária supervisão constante, no entanto, as ondas no local são ideias para os pequenos que querem aprender a surfar.

O lugar oferece diversas atrações, como o remo em caiaque duplo, indicado para crianças a partir dos 3 anos, subir no Morro do Macaco também é uma ótima opção de atividade para realizar com os pequenos, porém, prepare-se bem antes de iniciar a caminhada de cerca de 800m.

Leve água e algo leve para comer, use tênis e roupas confortáveis e cuide-se do sol, especialmente nos horários mais quente do dia, filtro solar é fundamental. A vista compensa todo o esforço desempenhado pela atividade, porém, leve tudo o que for necessário para tornar a caminhada confortável, especialmente para as crianças.

Praia da Lagoinha
Além de ser uma área muito adequada para a prática de snorkel, o mar da Praia da Lagoinha, tem águas límpidas e tranquilas, ideais para um banho de mar para os pequenos. Na região também existem uma infinidade de piscinas naturais, que atraem uma grande diversidade de espécie de peixes, que podem ser visualizadas até mesmo fora da água.

A Praia da Lagoinha possui muitas rochas em seu entorno, algumas delas são muito altas, por isso, é aconselhável que os pais tenham cuidado redobrado caso as crianças queiram escalar essas pedras.

Praia do Canto Grande
Conhecida por ser a praia mais extensa da região, é caracterizada por sua areia limpa e águas límpidas e refrescantes. Existem diversas modalidades de esportes que podem ser realizadas no local, como o iatismo, jet-ski e o windsurf, para os mais aventureiros.

Como se trata de uma praia muito extensa, tem espaço de sobra para que as crianças se divirtam na areia, praticando futebol, voleibol de areia e tênis de praia.

Conheça a incrível vista do Mirante Eco 360° em Bombinhas

Quando o destino escolhido para viajar nas férias é a praia, muitos turistas acham que o passeio consiste em apenas ficar sentado na areia, olhando para as ondas, molhando os pés no mar e deixa de lado uma infinidade de atividades que podem ser realizadas fora d’água, além de perder a oportunidade de conhecer belas paisagens, muito além do que as pessoas estão acostumadas a visualizar.

Você vai adorar conhecer!
É muito comum que as pessoas visitem cidades litorâneas e deixem de conhecer lugares maravilhosos e realizar atividades divertidas sozinhos ou em grupo, por simplesmente não saber da existência dessas diferentes formas de aproveitar o dia.

Por mais bonito que o litoral seja, não se pode perder a oportunidade de visualizar essas belas paisagens de um ângulo diferente. Não existe vista mais bonita, do que a de uma praia, ou um pôr-do-sol limpinho, sem nenhum prédio ou construção atrapalhando, ainda mais se for do alto.
A vista na hora de desfrutar desses espetáculos que a natureza nos propicia, fica muito mais bonita quando observada do alto de um mirante, ainda mais se o local permite que os visitantes possam estar em contato direto com o meio ambiente.

Em Bombinhas, Santa Catarina, existe uma infinidade de opções de lazer além da praia e de atividades aquáticas, o Mirante Eco 360°, é um ótimo exemplo disso, se trata de um local tranquilo para aproveitar o dia ao lado da família e os amigos, uma atividade diferente das que estamos acostumados a realizar quando partimos para o litoral.

Como chegar?
Localizado no ponto mais alto de Bombinhas, é conhecido pela sua vista espetacular. Todo o percurso proporciona um contato direto com a natureza. Procure visitar o mirante logo cedo pela manhã, ou à tardinha, quando o sol não está tão forte.

Caso opte por ir em um horário onde os raios solares estejam mais agressivos, use óculos, um boné ou chapéu e não esqueça do protetor solar. Uma garrafinha de água e algo leve para comer caso o passeio se alongue, também deixa a atividade mais agradável, assim como a escolha do vestuário, roupas leves e fresquinhas e um tênis confortável facilitam muito a caminhada.

O acesso ao local custa cerca de R$ 10,00 por pessoa, a trilha até o Mirante Eco 360° é realizada em aproximadamente 15 minutos e é considerada como de média dificuldade. Em grande parte do trajeto, existem escadas com corrimãos parar ajudar na subida dos visitantes, porém, para alcançar o mirante principal, não se tem esse recurso.

Quase chegando ao topo, existe uma rocha um pouco inclinada, com nenhum apoio para as mãos, porém esse pequeno esforço final é recompensado pela bela paisagem vista bem do topo do Mirante Eco 360°.
Do alto do mirante é possível ver completamente a praia do Canto Grande, além das praias de Zimbros, Cardoso, Mariscal, o Morro do Macaco e demais belezas naturais de Bombinhas. Ao longo da trilha, existem três mirantes, cada um deles oferece uma vista diferente e igualmente bela. As paradas para descansar nesses outros mirantes também podem ser a oportunidade perfeita para fazer registros fotográficos das belas paisagens.

Além da vista
O Mirante Eco 360° também propícia algumas atividades muito divertidas para os seus visitantes, para andar de Tirolesa, custam aproximadamente R$ 40,00 por pessoa, porém nas épocas de baixa temporada, a Tirolesa é aberta apenas aos sábados e domingos. A vista durante a descida é um espetáculo único, a paisagem vista é de um ângulo totalmente diferente do que o alto do mirante.

O Mirante Eco 360° também é procurado por outros esportistas, para a prática do Rapel e da Escalada das rochas do local. Assim como a Tirolesa, o Arvorismo também é uma atividade que faz a diversão das crianças, sendo muito mais seguro para os pequenos, do que o Rapel e a Escalada.

Ao lado da bilheteria de entrada do Mirante Eco 360°, existe um pequeno museu, onde diversas espécies encontradas na região podem ser observadas, assim como, vários artigos utilizados para a pesca da tainha.
Este museu também exibe ossadas de tubarões, baleias e outros grandes animais. Uma variedade de conchas também pode ser visualizada no museu, bem como, diversos objetos resgatados nos naufrágios que ocorreram na região.

Junto ao museu, existem mais dois mirantes com vista para o sul. Em dias de céu claro, é possível ver a Ilha de Florianópolis através de um desses mirantes.

A cidade de Bombinhas também conta com a presença de outros mirantes, como o Mirante de Bombas, logo após a sede da Polícia Militar, à esquerda da SC 412. No local é possível avistar o mar da Praia de Bombas.
O Mirante do Morro do Macaco, tão famoso quanto o Mirante Eco 360°, também exige uma trilha para ser acessado, porém, o percurso é um pouco mais longo, levando em média 40 minutos.

A trilha do Morro do Macaco inicia no final da Praia de Canto Grande, sendo o mesmo ponto de partida para a Trilha da Tainha. O Morro tem 190m de altura e no seu cume é possível ter uma visão de 360°.

O alto do Morro do Macaco é utilizado pelos praticantes de Paraglider saltarem. O pôr-do-sol visto do no local é uma parada obrigatória para todos que gostam de desfrutar de uma bela paisagem. Ao anoitecer, a vista da Ponte Hercílio Luz iluminada também é um dos atrativos que o local oferece. No Morro do Macaco é possível visualizar a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, compostas pelas ilhas de Galés, do Arvoredo, Deserta e Calhau de São Pedro, além das praias de Zimbros, Canto Grande, Mariscal, Morrinhos e as cidades de Governador Celso Ramos, Tijucas e a capital de Santa Catarina, Florianópolis. No alto do morro existem diversos mirantes para fotos, alguns de fácil acesso e outros um pouco perigosos, por isso, tome cuidado.

Conheça Bombinhas e desfrute das belas praias que a cidade possui, só não esqueça de conhecer as outras formas de lazer que podem ser realizadas na cidade e divirta-se.

O tão esperado verão nas praias de Bombinhas

No dia 21 de dezembro inicia oficialmente a estação mais esperada do ano, o verão. No verão, as férias escolares são mais longas, o clima está quente, as festas de final de ano estão reunindo familiares e amigos, praticamente tudo o que existe de bom no ano está acontecendo neste momento tão esperado.

Preparado para o verão?
O verão é conhecido como a estação do relaxamento, seja para os amantes da época, ou mesmo pelas pessoas que tem preferência pelos dias mais frios. É impossível não se sentir mais animado ao acordar pela manhã e se deparar com um sol lindo entrando pela janela logo cedinho. As pessoas acabam tendo mais energia para realizar as atividades diárias e aproveitar o dia do início ao fim.
Durante esta estação, os dias são mais longos que as noites e temos a impressão que podemos desempenhar muito mais atividades dentro de 24 horas, sejam elas de lazer ou de trabalho, ainda mais com o horário de verão.

Como o período envolve feriados prolongados, como Natal e Ano Novo, além de ser uma estação propícia para diversão, a maioria das pessoas, em especial as que moram em cidades grandes e que mantém pouco contato com a natureza optam por viajar até o litoral, passar alguns dias de lazer e relaxamento ao lado de familiares e amigos.

O melhor do verão
A melhor parte das férias de verão é deixar o trabalho, a faculdade e demais compromissos de lado, se desligar de todos os problemas, do estresse que a rotina traz, para se conectar com a natureza. Não há nada mais tranquilizante do que ficar a beira-mar, ouvindo apenas as ondas batendo, contemplando a natureza, longe da tela do computador e tirando um pouco os olhos dos livros.

No Brasil, existem diversas opções de praias, mas em Bombinhas, em Santa Catarina, existem praias completamente diferentes umas das outras e que agradam banhistas de todos os gostos. Um dos principais motivos pelos turistas procurarem por Bombinhas é o mergulho.

Verão combina com mergulho
A Capital do Mergulho Ecológico conta com locais perfeitos para realizar essa atividade, como a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, constituída por diversas ilhas, como a Ilha de Galés, a Ilha do Arvoredo, Deserta e pelo Calhau de São Pedro.

O Arquipélago do Arvoredo é uma das 59 Unidades de Conservação Federais da zona costeira. As Ilhas do Arvoredo e de Galés possuem os melhores locais para mergulhar em Bombinhas, nessas áreas a profundidade da água varia entre 5 a 25 metros.

Na Ilha do Arvoredo também é possível encontrar diversas espécies durante o mergulho, peixes de grande porte, como garoupas, badejos, anchovas e entre outros. O local também conta com a presença de arraias, tartarugas, cavalos-marinhos e muitos cardumes. No total, a Ilha do Arvoredo conta com mais de 200 espécies diferentes de animais. O acesso a esta ilha é realizado através de um percurso de cerca de 1h30 de barco.

A Ilha das Galés é relativamente menor que a Ilha do Arvoredo e é a mais indicada para quem está começando a praticar o mergulho. O local tem águas mais tranquilas, ou seja, perfeito para que não está acostumado a realizar atividades subaquáticas. A Ilha das Galés é também o lugar onde o cargueiro Lily afundou, a embarcação está a cerca de 5m de profundidade.

A Ilha Deserta possui uma superfície cinzenta, sem uma grande vegetação expressiva, ela é rochosa e desabitada. Fica a cerca de 3km da Ilha do Arvoredo. Esta ilha também tem um formato mais alongado e rodeada por costões. Em sua vegetação constituída de gramíneas, podem ser encontrados diversos ninhos de pássaros.

Praias maravilhosas
Dentro das 39 opções, existem praias perfeitas para um passeio a dois, como a Praia de Mariscal, outras para um passeio com os filhos, como a Praia da Lagoinha, que não possui quase nenhuma onda no mar e até mesmo opções de praias mais badaladas, como Caixa D’Aço, para quem tem um perfil mais agitado e festeiro.


Nas noites de verão, o clima é muito propício para uma caminhada pelas ruas da cidade e pela orla das praias de Bombinhas. A brisa refrescante do mar atrai vários visitantes para desfrutar um bom passeio noturno. Essa temperatura agradável se mantém até meados de abril, não se detendo apenas durante os meses de verão.

A gastronomia de Bombinhas tem uma forte presença de frutos do mar, mas no local também se encontram ótimas opções, restaurantes de várias etnias, bolos, sanduíches, carnes, massas, petiscos e outras iguarias.

Compras? Aqui também tem.
No comércio de Bombinhas é possível adquirir peças de artesanato local, lembrancinhas, roupas de banho e tudo o que um turista precisa ao visitar uma cidade litorânea. A época do ano que mais reúne visitantes em Bombinhas é durante o período entre o Natal e a Páscoa.

Venha conhecer Bombinhas, escolha a praia que mais lhe agrada e aproveite a melhor estação do ano do início ao fim neste lugar paradisíaco.

As 10 mais lindas praias em Bombinhas

Bombinhas, localizada no litoral catarinense, possui 39 praias em sua península e fica quase impossível escolher apenas alguns desses destinos. Para facilitar a sua escolha, listamos as 10 mais lindas praias em Bombinhas, e quais são os motivos que fazem os turistas escolherem esses locais.


1.Praia de Bombinhas
A própria Praia de Bombinhas é uma das primeiras opções que vem à mente dos turistas na hora de escolher qual o local ideal para aproveitar o verão. Esta praia tem águas tranquilas e límpidas e é uma das opções favoritas pelas famílias que pretendem levar crianças.

No local também é possível encontrar escolas de mergulho, existem várias opções de hospedagem de qualidade no local, restaurantes, comércio e fica no caminho para as principais praias da região.
Esta é a praia mais famosa e movimentada do município de Bombinhas. À noite, existem diversas opções de bares, restaurantes e baladas. O local é o mais indicado para quem quer aproveitar o melhor da culinária de Bombinhas, com alguns dos melhores restaurantes da cidade e diversas opções de cardápio.


2.Praia de Zimbros
A Praia de Zimbros é dividida em três partes, Praia do Cardoso, Praia Vermelha e Praia Triste. Possui águas calmas e assim como a Praia de Bombinhas, a Praia de Zimbros também é um local adequado para as famílias levarem suas crianças.

O lugar é muito propício para caminhadas e para praticar atividades aquáticas, como andar de Jet Ski, de Iate, ou praticar alguns esportes, como o Wind Surf. Porém as atividades na areia também têm vários adeptos no local. Os banhistas que escolhem a Praia de Zimbros, se deparam com um grande número de pessoas praticando vôlei, frescobol, futebol e futevôlei nas areias do local.

Assim como a maioria das praias de Bombinhas, Zimbros também é procurada pelos amantes do mergulho, para quem não possui os equipamentos, é possível alugar o material de mergulho. O pôr-do-sol na praia de Zimbros é encantador e casa perfeitamente com a imagem dos barquinhos coloridos dos pescadores, retornando para a terra firme.  


3.Praia de Bombas
Comparada com as demais praias citadas até agora, a Praia de Bombas tem as águas um pouco mais agitadas. O local é mais urbanizado e conta com várias opções de barracas restaurantes e de comércio.
Bombinhas é reconhecida pelas suas áreas de preservação ambiental e na Praia de Bombas, não é diferente. O Parque Municipal de Galhetas, uma reserva da Mata Atlântica, muito preservada. Este parque oferece diversas opções de trilhas para os visitantes um pouco mais aventureiros.

Esta é uma das praias mais antigas da região, em razão disso, registra uma grande procura por parte dos turistas. O nome se deve ao som que as ondas fazem, que lembram o barulho da explosão de uma bomba.


4.Praia do Retiro
A Praia do Retiro, também conhecida como Praia do Retiro dos Padres ou Praia dos Ingleses, pode ser acessada pela mesma estrada que leva até a Praia da Sepultura, é possível chegar de carro até quase a areia.

As águas no local são de uma temperatura muito agradável. A Praia do Retiro conta com mesas para piquenique sob as árvores. A Alternativa perfeita para as famílias que querem aproveitar momentos de lazer e tranquilidade. O local é cercado por uma bela vegetação.  

Na Praia do Retiro também é possível encontrar diversas pedras e piscinas naturais rodeando a costa do local. Ela é caracterizada por ser uma praia mais tropical e poucas construções são encontradas na região. O local também é escolhido para montar acampamentos e para quem busca uma praia um pouco mais deserta.


5.Praia da Sepultura
O acesso à Praia da Sepultura se dá por uma trilha de aproximadamente 5 minutos a partir do estacionamento. O mar calmo, de águas clarinhas e com muito peixes é o cenário perfeito para praticar diversas modalidades de mergulho, como Snorkel.

A Praia da Sepultura é pouco movimentada, e seu nome teve origem de uma lenda de 1840, em que um escravo teria morrido em uma briga e seu corpo teria sido enterrado no local. Caso você esteja na Prainha ou na Praia do Embrulho, basta pegar uma trilha para chegar até a Praia da Sepultura.  


6.Quatro Ilhas
A Praia de Quatro Ilhas é conhecida pela sua beleza e registra grande procura da parte dos surfistas. Da orla é possível avistar as quatro ilhas da cidade de Bombinhas, que deram nome ao local, são elas: Ilha do Macuco, Ilha das Galés, Ilha Deserta e Ilha do Arvoredo).

Essa praia é um dos principais pontos de encontro dos jovens, com diversos bares nas redondezas. A praia de Quatro Ilhas também conta com a presença de muitos exotéricos, pois a areia do local tem um grande número de cristais de quartzo, que essas pessoas acreditam possuir grande carga de energia.


7.Praia da Tainha
A Praia da Tainha também é muito tranquila, o mirante do local permite que os visitantes avistem diversas praias da região. O lugar possui piscinas naturais, formadas na maré baixa. Esta praia também atrai vários adeptos ao mergulho.

Para chegar à Praia da Tainha, é preciso pegar uma trilha partindo da Praia da Conceição. O local não possui bares e restaurantes, por isso, é indicado que os banhistas levem sua própria comida e bebida no local.

Esta praia também é muito frequentada pelos pescadores da região. A tainha é o peixe que existe em mais abundância no local, porém, só é possível encontra-lo nos meses de inverno.

A Praia da Tainha é um ponto estratégico para pescadores da região. A Tainha é o peixe mais popular existente na área, por isso o nome da praia. Contudo, ele só é encontrado nos meses de inverno. Ao redor da costa, uma parte da Mata Atlântica guarda uma beleza surpreendente. É possível fazer algumas trilhas e aproveitar para explorar ainda mais toda a área.


8.Praia de Mariscal
A Praia de Mariscal tem apenas 4km de extensão, mas ainda assim é uma das maiores de toda a região de Bombinhas. Como o nome já diz, o local conta com diversos mariscos em sua larga faixa de areia.
Essa praia tem as águas um pouco mais agitado em relação a outras praias da região de Bombinhas, o que torno o lugar perfeito para os surfistas. Na entrada da Praia de Mariscal, existem 4 mirantes, que permitem uma visão total da região.


9.Praia da Lagoinha
A Praia Da Lagoinha é uma ótima pedida para quem gosta de observar os peixinhos e o local é cheio de piscinas naturais, perfeito para quem tem crianças pequenas ou para quem gosta de águas mais calmas.
A paisagem paradisíaca desta praia é repleta de imensas pedras, local predileto pelos turistas, para tirar lindas fotos. O acesso para a Praia da Lagoinha é realizado por meio de uma pequena trilha, uma área que não permite acesso de veículos motorizados.  


10.Prainha
A maioria dos barcos, tanto os de passeio quanto de mergulho, saem desta praia. O mar é muito calmo e suas águas são muito límpidas e oferecem um banho fresquinho, perfeito para os dias mais quentes.
A Prainha é uma das faixas de areia mais movimentada e que mais atrai turistas durante a alta temporada. A oficina lítica é uma parada obrigatória para quem visita esta praia. O espaço é preservado, pois é um local muito importante para a exploração pré-histórica, acredita-se que há milhões de anos uma civilização habitava nesta região.  

Essas são apenas 10 das praias mais incríveis de Bombinhas. Conheça esses destinos paradisíacos e escolha a praia que mais tem a ver com você!

Praias mais românticas em Bombinhas: os melhores lugares para explorar a dois

Bombinhas é um lugar lindo, com praias encantadoras e atividades incríveis, mas compartilhar essa experiência com o amor da sua vida torna o lugar ainda mais mágico, por isso o destino é escolhido por muitos casais.
Se você está pensando em pedir aquela pessoa especial em casamento, procurando um lugar para passar a lua-de-mel, ou simplesmente está atrás de uma aventura para viver com o seu amor, Bombinhas é o lugar perfeito.
Além de possuir um cenário paradisíaco independentemente da direção que você esteja olhando, Bombinhas possui algumas atividades específicas para os casais que escolhem o local como o destino das suas férias.
Quando o assunto são as praias mais românticas, encontradas no local, algumas opções vem a cabeça na mesma hora.

Praia de Zimbros
Esta é uma das praias mais românticas em Bombinhas e atrai casais apaixonados o ano todo, o lugar é perfeito para quem quer curtir momentos mais calmos, para conversar e aproveitar a vista maravilhosa que o local oferece. Zimbros fica ainda mais encantadora ao lado da pessoa amada.
Casais que gostam de fazer longas caminhadas juntos, tem a opção de seguir uma trilha muito romântica que leva os visitantes a outras praias menores e ainda mais tranquilas na região. Como o mar é calmo neste local, alguns casais mais aventureiros conseguem praticar determinados esportes, como Stand Up Paddle, que consiste basicamente em ficar em pé em uma prancha, enquanto rema. Um desafio simples, mas que requer certa concentração.
O Stand Up Paddle é perfeito para contemplar a natureza, admirando a bela vista que o local propicia além de ser uma ótima forma de exercício, para manter a forma e o corpo em movimento. Esta é uma das atividades preferidas dos casais na hora de realizar algo um pouco mais radical, ao invés de ficar apenas na areia observando o mar.
Como se trata de um esporte um pouco mais tranquilo, ele é o favorito dos casais que visitam Bombinhas, pois é possível passar momentos de lazer e relaxamento lado a lado no mar de águas claras, calmas, sem ondas. O que incomoda um pouco os iniciantes nesta atividade é o vento sul, mas assim que habituados, os praticantes não tem queixa alguma de realizar este esporte no local e sempre que podem, praticam mais de uma vez.
Além disso, o pôr-do-sol na baía de Zimbros é um dos locais mais bonitos de Bombinhas e já foi palco para inúmeros pedidos de casamento.

Praia da Lagoinha
A Praia da Lagoinha é uma das mais lindas de Santa Catarina e fica pertinho da praia de Bombinhas. O que chama a atenção dos turistas sobre ela é o seu aspecto circular, que causa a impressão de a praia ser uma pequena e aconchegante ilha.
Além disso, um dos elementos que deixa o lugar ainda mais romântico são as pedras que cercam o local, as lindas rochas combinam perfeitamente com a paisagem formando um espetáculo de encher os olhos. Os casais que visitam o local gostam de sentar nas pedras a aproveitam a beleza e a tranquilidade da Praia da Lagoinha para conversar.
Assim como em Zimbros, na Praia da Lagoinha o mar não forma ondas, deixando o lugar seguro e tranquilo para os banhistas.

Mariscal
Mariscal é conhecida como uma das praias mais românticas de Bombinhas pela sua extensa faixa de areia, especialmente nos dias mais frios, fora da época de veraneio o local se torna paradisíaco, levando em consideração a baixa procura pela parte dos visitantes, fazendo com que o lugar seja perfeito para os apaixonados.
O lado esquerdo da praia, conhecido como Atalaia, os casais mais aventureiros optam por uma caminhada emocionante sobre as lindas rochas que Mariscal possui.
Essa praia tem vários benefícios para os seus frequentadores que não são encontrados em algumas outras praias em Bombinhas, como estacionamento e diversos bares e restaurantes próximos ao local. As áreas destinadas a preservação ambiental são a garantia de um ótimo contato com a natureza. O mar possui ondas maiores, o que deixa a vista ainda mais encantadora para os visitantes que tem preferência por águas mais agitadas.

Praia da Sepultura
A Praia da Sepultura também é famosa por sua beleza, a maioria das pessoas que vai até Bombinhas, busca conhecer esta praia. O lugar tem águas muito límpidas, e é muito procurado por casais adeptos ao mergulho ou snorkeling. Na Praia da Sepultura também é possível fazer um passeio ecológico.
O lugar possui uma trilha que desperta a curiosidade dos visitantes. Ela leva até o lado nordeste da cidade e a vista do lugar é divina. A trilha possui indicações para chegar até a Lagoa da Praia de Sepultura. Um espetáculo indescritível.

Infinidade de praias desertas
Bombinhas também é um destino muito procurado pelos casais de todo o Brasil por conta das suas praias desertas, em especial para os casais que estão passando a lua-de-mel nessas praias incrivelmente românticas.
As praias da Tainha e do Cação são conhecidas pelo pouco movimento de banhistas, sendo caracterizadas pelas águas tranquilas e rasas. Outra praia caracterizada pela rara presença de banhistas é a Praia da Triste, que pode ser acessada pela Praia da Lagoa, através de uma breve trilha de cerca de 20 minutos.
Além das praias, outras lugares românticos na região de Bombinhas, atraem casais apaixonados de todo o Brasil.

Mirante do Morro do Macaco
O Morro do Macaco é a razão pela qual grande parte dos turistas escolhe o destino para passar as suas férias. A vista do mirante é famosa por sua beleza incomparável. Do alto é possível ver os principais pontos da cidade, como as Praias do Canto Grande, a vista de 360º também permite visualizar as Ilhas da Reserva do Arvoredo, a Ilha do Macuco, dentre outros pontos.

Mata Atlântica
Além das áreas destinadas a preservação ambiental, as praias mais românticas de Bombinhas são rodeadas pela vegetação nativa da mata atlântica, mesmo durante as temporadas de alta procura pelo público, o local permanece limpo e muito bem preservado, pois Bombinhas possui regras rígidas nos cuidados que devem ser tomados em relação a sustentabilidade da região, não deixando que a natureza seja agredida ou alterada.

Gastronomia
Colonizada por açorianos, Bombinhas tem uma culinária caracterizada pela presença de receitas à base de frutos do mar e pirões. No entanto, a gastronomia é bem variada no local, possuindo desde restaurantes com cozinhas de diversas etnias e uma infinidade de pubs e bares. Existem incontáveis opções de restaurantes românticos perfeitos para um pedido especial.
Depois saber um pouco mais sobre as praias mais românticas de Bombinhas, não tem como não ficar curioso para conhecer todas as maravilhas que esse lugar tem para oferecer. Divida essa experiência de conhecer Bombinhas e se apaixone pelas praias mais belas e românticas do litoral catarinense.

Projeto Tartabinhas - Tartarugas Marinhas de Bombinhas

A Península de Bombinhas é mágica com sua beleza natural de matas e águas salgadas cristalinas. Considerada a Capital do Mergulho Ecológico Brasileiro e um dos municípios com maior preservação de cobertura florestal da Mata Atlântica, possui enorme importância ecológica e aumenta a qualidade de vida e bem-estar de quem a habita ou visita.

Seus formosos costões e fundo marinho formam lindos jardins subaquáticos com corais e algas marinhas, ricos em nutrientes que possibilitam a tartaruga-verde (Chelonia mydas), se alimentar e descansar nessa linda costa esmeralda. A tartaruga-verde é uma das 5 espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no litoral brasileiro.

Projeto Tartabinhas

Essa espécie tem sua importância na natureza, auxiliando na manutenção da saúde dos oceanos e, devido à sua presença constante em Bombinhas, o Projeto Tartabinhas atua de forma integral para a proteção destes animais. Através de estudos científicos o Tartabinhas busca, sem gerar nenhum estresse ao animal, identificar através de fotografias as tartarugas marinhas que visitam ou vivem nas águas de Bombinhas. A proteção delas não depende apenas do projeto, por isso, são desenvolvidas diversas atividades de educação ambiental com os moradores e visitantes do município, a fim de conscientiza-los e mostrar como podem no seu dia a dia cuidar das tartarugas.


Registros do monitoramento do Projeto Tartabinhas. Esta tartaruga verde já foi foto-identificada e batizada de 4ilhas.

Proteção e cuidados

Para protegê-las é importante descartar corretamente nas lixeiras todos os resíduos gerados ou encontrados nas praias, ruas, rios e lagos, pois a ingestão de lixos pelos animais marinhos é uma de suas principais causas de morte.

A tartaruga marinha é amiga e dela não precisa sentir medo, pois é um animal calmo e sereno. Com respeito pode-se mergulhar ao seu lado e contemplar a beleza de um ser que vive no planeta desde a época dos dinossauros. Durante mergulhos é possível tirar fotos dos dois lados da cabeça das tartarugas, sem capturá-las, e ajudar o projeto a realizar a identificação destes animais.

--

Quer saber mais detalhes sobre este projeto, ou como tirar fotos subaquáticas para foto identificação das tartarugas marinhas? Entre em contato com o projeto via:
WhatsApp (47) 9 9293-9603
E-mail: projetotartabinhas@gmail.com
Facebook: @projetotartabinhas
Instagram: @projeto_tartabinhas

Para saber mais informações sobre o Projeto Tartabinhas visite o site clicando aqui.

Cuide das tartarugas marinhas você também. Deixe-as no seu habitat natural.
Juntos podemos proteger as tartarugas e, consequentemente, nós humanos!
Texto por: Bióloga Ágatha Naiara Ninow
 

Sítio Panorâmico em Bombinhas, conheça as belas paisagens

Bombinhas é uma pequena cidade localizada no litoral do estado de Santa Catarina e possui 39 praias em sua península. O município é conhecido nacionalmente como a capital do mergulho ecológico.

Além de belas praias de grande diversidade entre si, agradando turistas com todos os gostos, Bombinhas também possui um leque de atividades que poucas cidades litorâneas podem oferecer para os seus visitantes. Além disso, existem inúmeros pontos perfeitos para mergulho, onde existe uma abundante variedade de espécies da fauna marinha.

Ao longo da cidade, existem diversas áreas com foco na preservação ambiental e onde os visitantes podem entrar em contato direto com a natureza, até mesmo com a Mata Atlântica em alguns pontos.

Bombinhas conta com parques, reservas e museus que colocam a natureza exuberante do lugar em primeiro plano. A cidade oferece diversas trilhas, com variados níveis de dificuldade e extensão. Muitas dessas trilhas levam até mirantes, cada um com uma vista para um ponto diferente da cidade, que propiciam uma experiência única para todos que visitam esses lugares, alguns desses locais proporcionam uma visão de 360° para aqueles que conseguem alcançar o topo.

Conheça as belas paisagens
O Sítio Panorâmico de Bombinhas é mais uma opção para os turistas que gostam de observar a natureza de cima. O mirante possibilita uma vista incrível para a cidade de Bombinhas. O lugar é ideal para se sentar e observar os pássaros de cores e espécies diversas, e algumas borboletas que habitam na região.

Se você está procurando um lugar tranquilo, com um linda vista, para passar um dia de descanso ao lado da família e dos amigos, o Sítio Panorâmico de Bombinhas é perfeito, além de proporcionar um contato direto com a natureza, o Sítio também é considerado por muitos dos visitantes um ótimo lugar para descansar e relaxar.

A vista do alto do mirante permite que o visitante tire fotos magníficas do mar de Bombinhas e de Bombas, de um ângulo totalmente diferente dos demais mirantes espalhados por toda a cidade.

O Sítio Panorâmico conta com estacionamento e acesso facilitado para pessoas que tenham alguma dificuldade na locomoção, o que é um elemento extremamente positivo em relação a alguns outros pontos turísticos do município, que atrai os visitantes além da bela vista do local, pois, muitos turistas deixam de conhecer várias belezas de Bombinhas pela falta de lugar para estacionar, ou por falta de acessibilidade.

Em alguns pontos do alto do Sítio Panorâmico, também é possível ver muito além das praias e do mar, permitindo uma visão dos morros que ornam a cidade, assim como, as construções, casas e prédios que fazem parte da paisagem de Bombinhas.

Preste muita atenção! Em dias de chuva o chão tende a ficar um pouco escorregadio, por isso, use sapatos adequados quando o tempo estiver um pouco mais úmido e preste atenção ao caminhar, quando o clima estiver nessas condições, pois há risco de queda.

O Sítio Panorâmico de Bombinhas é apenas mais uma das diversas opções de passeios ecológicos, assim como, de mirantes. Conheça outros lugares que oferecem belas vistas na cidade de Bombinhas.

Mirante Eco 360°
O Mirante Eco 360° além de ser um dos pontos turísticos mais conhecidos do município, também é o lugar mais alto da cidade de Bombinhas. Do alto deste mirante é possível avistar várias paisagens diferentes, pois como o nome do lugar já diz, a vista é de 360°, alguns locais específicos que podem ser vislumbrados pelos visitantes são a Praia de Canto Grande inteira, as praias de Mariscal, Zimbros, Cardoso, o Morro do Macaco e demais belezas que a cidade de Bombinhas proporciona aos olhos dos seus visitantes.

Morro do Macaco
Para chegar ao Morro do Macaco, o visitante tem de fazer uma trilha que leva o mesmo nome do morro e o trajeto dura cerca de 40 minutos, variando de acordo com as pausas feitas pelo visitante, bem como o seu preparo físico. O lugar é conhecido como uma das mais belas vistas do litoral de Santa Catarina.

A trilha é de dificuldade moderada e durante o trajeto existem pontos específicos para o descanso dos visitantes. O local é bem sinalizado e algumas áreas de preservação demarcadas, onde o público é terminantemente proibido de pisar. As belas paisagens podem ser vista durante todo o percurso, mas o melhor está reservado para o final.

Venha conhecer!
Gostou de saber um pouco mais a respeito dos belos lugares, com vistas encantadoras que Bombinhas tem para oferecer? A experiência que esta cidade propicia aos seus visitantes é única e é impossível conhecer todas as sensações e desfrutar de todas as belezas locais apenas pela tela do computador.

Conheça Bombinhas e escolha a atividade que mais tem a ver com o seu perfil. E não esqueça! além de todos os mirantes e de todas as trilhas terrestres, Bombinhas ainda tem mais 39 opções de praia para você se divertir e se refrescar. Se você já conhece o local, venha fazer todas essas atividades além da beira-mar e veja Bombinhas de um ângulo completamente diferente, porém, igualmente encantador.

Parque Ambiental Família Schurmann, conheça um dos maiores parques de Bombinhas

A família Schurmann, é conhecida por suas aventuras marítimas ao redor do mundo, a família composta por mãe, pai e dois filhos, viveu a bordo de um barco por 20 anos e sempre levantou a bandeira do proteção ambiental, aonde quer que fosse, nos últimos 10 anos de suas expedições, contaram com a companhia dos filhos. O Parque Ambiental Família Schurmann é uma homenagem a família e também um espaço para enfatizar a luta pela preservação ambiental.

Na foto, Família Schurmann encontra poluição em uma de suas paradas.


Fundação

O parque foi criado no ano de 2003 e sua maior finalidade é preservar a vasta área verde do município de Bombinhas. Ele fica localizado na Praia do Retiro, na rua Manoel José dos Santos, número 220 e um dos seus principais atributos são uma coleção com diversos objetos que a família Schurmann coletou ao redor do mundo, além de contar com uma vasta gama de atividades ecológicas e culturais, com vídeos e fotos que mostram a história da família. O local é aberto à visitação de terça a domingo.


Já na parte voltada para a ecologia, o lugar possui uma trilha no meio da Mata Atlântica, onde várias árvores podem ser observadas durante o percurso, como araçás, embaúbas, ou belos ipês e demais espécimes da flora local. O laboratório repleto de animais marinhos também é aberto para visitação.


O Instituto Família Schurmann foi fundado no ano de 1999, como uma instituição sem fins lucrativos e de cunho filantrópico. Certo tempo depois a entidade foi rebatizada com o nome de Instituto Kat Schurmann, em homenagem a filha adotiva do casal que morreu em maio de 2006, com apenas 13 anos de idade. O instituto foi criado com o intuito de contribuir com a qualidade sócio-ambiental do ambiente marinho e de suas costas, por meio do desenvolvimento de pesquisas e da implantação de programas que visam a educação ambiental.


A família Schurmann, compostas pelos primeiros brasileiros que deram a volta ao mundo em um veleiro, já cruzaram 3 oceanos e 7 continentes do planeta, realizando um grande feito, e ainda mais especial, por ter sido concluído em família.


Atrações

O Parque Ambiental Família Schurmann possui inúmeras atrações que chamam os turistas para conhece-lo, como um trilha ecológica incrível, um centro de pesquisas e até mesmo uma estação de tratamento de água, sendo uma referência nacional, quando o assunto é ecologia.


A área do parque é de cerca de 30 mil metros quadrados e é visitado por turistas de todo o país, escolas, onde tudo remete aos cuidados que devemos ter com o meio ambiente, além de mostrar um pouco da cultura e de todos os locais que a família Schurmann conheceu durante as viagens que fizeram ao redor do mundo.


A trilha ecológica está localizada já no início do parque, marcada pela vegetação típica da mata Atlântica que possui animais como macacos, gambás, lagartos, canários-da-terra, joões-de-barro, tucanos, sabiás e demais espécies. As espécies de árvores são ainda mais diversificadas contando com canelas, bromélias, cedro, orquídeas, imbaúbas, samambaias, gurupuruvus, figueiras, palmiteiros, araçás e inúmeras árvores frutíferas.


Na sede do Instituto, estão localizados o Centro de Pesquisa e Educação Ambiental, um laboratório equipado com microscópios, salas de estudos monitoradas por oceanógrafos e biólogos marinhos, que visam preservar a costa e os mangues, oficinas de reciclagem, observatório de pássaros, além de uma sala com computadores disponíveis para desenvolver projetos com objetivo de educar as pessoas em relação aos cuidados do meio ambiente.


Esse espaço é destinado a um trabalho de conscientização e preservação ambiental que aborda temas sobre conhecimentos gerais a respeito da costa marítima, água e flora local, onde participam, escolas locais e de todo o Brasil.


Já o Espaço Cultural de Exposições, conta com o Álbum de Família com fotos do dia a dia da família a bordo do veleiro Aysso, além das imagens das mais de cinquenta fotos dos principais países e ilhas visitados pela família, além das diversas peças artesanais, instrumentos musicais, acessórios e vestimentas.


O Instituto também possui um auditório com sistema de áudio e vídeo, onde são exibidos filmes sobre as viagens da que a família realizou, com animais marinhos, os oceanos e a natureza em geral. O lugar também pode ser usado para realizar eventos, palestras e teatros, para integrar as pessoas em diversas atividades culturais.


A Estação de Tratamento de Efluentes é um sistema internacional de tratamento de esgoto que recicla toda a água usada no Parque, tornando-a 98% pura. A iniciativa reaproveita a água usada nos banheiros, na manutenção e irrigação das plantas e serve como uma forma de contribuir com a preservação do ambiente, como um exemplo para outras obras e empreendimentos que queiram também achar uma forma de colaborar com a preservação ambiental.


Dentro do instituto, também existe uma loja, chamada Adventure House, onde diversos produtos exclusivos podem ser encontrados, tais como, peças com conceitos de aventura, roupas da grife Schurmann, relógios e acessórios de alguns países como, o Tahu, visto como um amuleto da sorte da Nova Zelândia. O objeto é composto por ossos de animais ou pedra de jade. Essa loja também possui uma sede na cidade de Ilhabela, São Paulo.


Importância Histórica

O instituto auxiliou na geração de empregos, desde a sua construção até os dias de hoje, para a sua manutenção. Ressaltando que a construção não causou nenhum impacto no meio ambiente, sendo esse o viés principal do projeto. Com relação aos oceanos, os biólogos e oceanógrafos, auxiliariam a fazer com que não fosse feita nenhuma abertura para a passagem de caminhões e veículos de tração. O chão e o teto foram moldados de acordo com a disposição de árvores e rochas que habitavam o local. Algumas árvores podem ser vistas de dentro do Instituto, onde a natureza e a arquitetura se misturam.


Para mais detalhes sobre o Parque Ecológico Família Schurmann e o Instituto Kat Schurmann, venha conhecer Bombinhas e aprecie uma das melhores atrações que a cidade tem para oferecer, especialmente se você também for um apaixonado pela natureza!

Aventure-se na Trilha Ecológica do Morro do Macaco em Bombinhas

O Brasil é um país rico em belezas naturais, especialmente em seu litoral, desde as belas praias do Nordeste, até as deslumbrantes orlas do sul do país, um claro exemplo disso são as praias de Bombinhas, em Santa Catarina.

Bombinhas é a menor cidade do estado em extensão territorial e possui 39 praias em sua península. Além das belas praias, Bombinhas, conhecida nacionalmente como a capital do mergulho ecológico, também conta com diversas opções para se divertir com a família e os amigos sem pôr o pé na areia, especialmente quando o assunto é turismo ecológico.

Mata Atlântica pertinho de você!
Em algumas regiões, é possível entrar em contato direto com a Mata Atlântica e conhecer diversas espécies da fauna e flora presentes no local. Existem vários lugares da cidade que são voltados para a preservação ambiental, onde o acesso dos visitantes não é permitido, porém algumas trilhas espalhadas por Bombinhas são abertas para visitação e atraem um grande número de turistas, especificamente nas épocas de veraneio, quando a cidade fica ainda mais cheia.

Por ser uma cidade conhecida pelo seu investimento no turismo ecológico, Bombinhas conta com uma infinidade de opções de trilhas para os visitantes com perfis mais aventureiros e até mesmo trilhas de dificuldade mais leve, que pode ser realizada por pessoas de qualquer idade ou preparo físico.
A trilha que leva até o topo do Morro do Macaco é uma das mais procuradas em Bombinhas e oferece ao visitante uma vista de 360° de toda a ponta do continente onde a cidade está localizada.

Cuidados necessários
A dificuldade da trilha ecológica do Morro do Macaco em Bombinhas é considerada moderada, mas é necessário ter alguns cuidados, leve boné, óculos de sol, use tênis, protetor solar e roupas leves, não esqueça da garrafinha de água e de algo leve para comer. Escolher um horário em que o sol não esteja muito forte é fundamental para que o passeio seja ainda mais agradável e para que a subida se torne um pouco menos cansativa

Uma parcela dos visitantes prefere fazer a Trilha Ecológica do Morro do Macaco ao entardecer, desta forma, é possível vislumbrar o magnifico pôr-do-sol do alto do morro. O passeio é indicado para ser realizado tanto sozinho quanto em grupo. Pessoas com vários preparos físicos e idades conseguem realizar a atividade.
A entrada da Trilha Ecológica do Morro do Macaco fica no fim da Praia de Canto Grande, na parte sul da península. No local existe um enorme paredão de pedras, e uma construção abandonada. A trilha está localizada à esquerda, entre a construção, próxima à estrada.

O percurso
No início da trilha, existe uma placa com orientações, sobre a duração da trilha, qual a altitude do local, orientações para não jogar lixo ou mexer com os animais que habitam no local. O tempo necessário para realizar a trilha, é de 45 minutos a 1 hora, de acordo com as pausas e dependendo da condição física da pessoa.

As pausas para descanso são ótimas para além de recuperar o fôlego, aproveitar para fazer fotos das belezas que o lugar exibe. Ao longo da trilha Ecológica do Morro do Macaco em Bombinhas, podem ser visualizadas diversas placas indicando o caminho para os turistas.

Durante o percurso, diversas espécies podem ser observadas, como por exemplo, Laelia Purpurata, símbolo de Santa Catarina. Do alto do Morro do Macaco é possível avistar as praias de Canto Grande (mar de dentro e mar de fora), além da praia da Conceição. Também é possível visualizar a baia de Zimbros, com a Costeira de Zimbros ao fundo, assim como as ilhas que fazem parte da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, são elas a Ilha Deserta, de Galés, do Arvoredo e do Macuco.

Em dias mais claros, é possível ver as cidades de Governador Celso Ramos, Tijucas e até mesmo a capital de Santa Catarina, Florianópolis. Caso o passeio se alongue até a noite, leve uma lanterna, para que a descida do Morro do Macaco seja realizada com mais facilidade.

Alternativas
Além da Trilha Ecológica do Morro do Macaco, a cidade de Bombinhas também conta com outras opções de trilhas para os visitantes aventureiros, que apreciam uma longa caminhada e de manter contato direto com a natureza.

Um exemplo é a Trilha Costeira de Zimbros, que se encontra na área de Relevante Interesse Ecológico da Costeira de Zimbros, durante o percurso encontram-se cachoeiras e lagoas e o contato com a Mata Atlântica é constante. O trajeto passa por algumas praias como Cardoso, Lagoa, Triste e Vermelha. É possível fazer um percurso menor até a segunda ou terceira praia, pois a trilha completa levar cerca de 6 horas.

A Trilha da Galheta, localizada no Parque Municipal de mesmo nome, conta com uma vegetação exuberante durante o seu percurso. O banho de mar refrescante na Praia da Galheta também é uma ótima forma de aproveitar o dia no local. A trilha é realizada em aproximadamente 3 horas.

A Trilha da Tainha também fica localizada no Parque Municipal do Morro do Macaco e seu trajeto é realizado em cerca de 3 horas. O percurso é um antigo caminho usado pelos nativos do local. A trilha é localizada na beira do costão e passa por trechos da Mata Atlântica, grutas e córregos. A Trilha da Tainha também traz a oportunidade de observar o cultivo de mariscos.

Existe muito mais para descobrir e se encantar em Bombinhas. A cidade oferece uma infinidade de opções de atividades tanto nas praias, onde são praticados esportes aquáticos, como surf, windsurf, stand up padle, e o mais popular entre os visitantes do local, o mergulho ecológico. Bombinhas possui praias que agradam visitantes de todos os gostos, algumas cheias, outras desertas, com mar mais tranquilo ou com ondas maiores.

Além das trilhas espalhadas por Bombinhas e os mirantes com vista de 360°, também existem outras atividades para se fazer longe da praia, muitos lugares para se conhecer e outras belezas para se admirar.
Coloque Bombinhas no itinerário das suas próximas férias e aproveite tudo o que essa cidade incrível tem a oferecer para você e sua família!

Embarque no Safári de Bombinhas e deleite-se com as belezas que o lugar oferece

Para todos os visitantes que desejam conhecer as praias mais belas de Bombinhas e demais lugares encantadores da cidade de uma só vez, existe a opção de participar de um safári que transita por alguns dos principais pontos turísticos do município. O itinerário deste tour passa por 7 praias, alguns mirantes, um píer, além de uma vila de pescadores e demais locais que proporcionam uma vista de encher os olhos de seus visitantes.


Créditos imagem: @Casadoturista


Safari?
O passeio é chamado de “safári”, já que o veículo que leva os turistas é aberto, uma característica comum de automóveis utilizados para esse tipo de passeio. Além disso, o veículo também conta com uma proteção para os dias de chuva, fazendo com que o passeio seja realizado em qualquer condição climática, sem que o turista tenha de abrir mão do seu conforto.

Este tipo de programa é definido como turismo de visualização, ecológico e cultural, agradando um amplo público e sendo indicado para pessoas de todas as idades para participarem. O safári faz diversas paradas para que os turistas possam tirar fotografias e uma dessas paradas também permite um banho de mar refrescante.


Roteiro
O primeiro ponto que o safári passa é a Praia de Bombas, até a praia de Bombinhas, praias muito conhecidas e queridas pelos turistas. A primeira parada é feita na Praia de Quatro Ilhas, conhecida por este nome pois este é o local onde melhor se avistam as Ilhas do Macuco, Galés, Deserta e do Arvoredo, sendo que 3 dessas ilhas compõe a Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, uma área voltada a preservação do meio ambiente. A cidade de Bombinhas é muito conhecida pelo seu investimento em turismo ecológico e pela cultura de cuidados com o meio ambiente.

Em seguida, o safári passa pelo mirante de Mariscal, onde se tem uma vista ampla do recorte conhecido como Rabo da Baleia, banhado pelas duas enseadas, o mar de dentro e o mar de fora. A parada mais longa é na Praia de Mariscal, que leva esse nome pela grande quantidade de mariscos encontrada em sua costa, sendo uma das praias mais paradisíacas da cidade.

Em seguida, o passeio vai até a Praia da Conceição, com suas águas claras características. O local é cercado de morros e indicado para uma passeio em família, considerada como uma das melhores praias da região para se levar os filhos, pois o mar na região é bem calmo, muito mais seguro para os pequenos.

O próximo belíssimo ponto turístico de Bombinhas onde o safári transita é a famosa Praia de Canto Grande, localizada aos pés do Morro do Macaco, este morro conta com um belíssimo mirante, um dos locais que os turistas mais buscam quando visitam a cidade, pois se pode ter uma vista panorâmica de todo o município, que faz toda a caminhada até o topo valer a pena. O safári não faz uma parada para escalar o Morro do Macaco, mas o passeio é válido para ser realizado em outra ocasião.

A praia de Zimbros também é um local por onde os turistas transitam durante o trajeto do safári. O fim do programa é o retorno para a Praia de Bombinhas, mas o passeio não acaba sem antes passar na Praça da Coruja, onde é possível ver as aves dessa espécie protegendo seus filhotes. Durante o percurso, também é feita uma parada em um restaurante para a alimentação dos passageiros. A duração do passeio é de cerca de 2h30.


Restrições
O safári não oferece alimentação ou bebidas durante o trajeto, nem transporta animais. Trilhas não estão inclusas no itinerário do passeio, assim como, paradas em todas as praias, a subida no Morro do Macaco, equipamentos de mergulho ou a visitação de museus ao longo do caminho também não são ofertadas pela empresa e caso o turista tenha interesse em realizar algumas dessas atividades, ele terá de fazer por conta própria em outras ocasiões.


Vale a pena?
É claro que sim, fazer um safári pelos principais pontos turísticos de Bombinhas é uma atividade muito divertida para se fazer em família e uma forma muito válida para conhecer diversos lugares da cidade em um único dia porém não dispense a chance de ir em cada um desses lugares e os muitos outros que a cidade tem para oferecer com mais calma e individualmente.

Bombinhas é uma cidade com infinitas oportunidades de lazer para seus visitantes, agradando turistas de todos os gostos, com atividades calmas, como a visitação dos grandes museus, ou atividades um pouco mais radicais, como as trilhas, o snorkel, mergulho, windsurfe e demais esportes aquáticos.


Bombinhas
Apesar de ser o menor município de Santa Catarina em extensão Bombinhas conta com 39 praias diferentes em sua península e sair da cidade sem conhecer pelo menos as principais áreas litorâneas da cidade é um pecado! Escolha seu estilo, se são as praias mais calmas ou com águas mais bravas, assim como, as mais bombadas ou desertas e divirta-se!

Conheça Bombinhas e se apaixone pela capital do mergulho ecológico e com as mais belas praias do litoral catarinense!

Os mistérios da Capela Nossa Sra. da Imaculada Conceição


A Capela Nossa Senhora da Imaculada Conceição é proveniente da união das comunidades de Bombas e Bombinhas, desta forma, ela foi construída no morro em que separa os dois bairros e era frequentada por fiéis das duas localidades. Durante a sua construção, a maior dificuldade foi transportar o material, tudo foi carregado em carroças através das estradas de chão, as únicas vias disponíveis na época.

Os mistérios
Pouco tempo depois de sua construção, a paróquia foi alvo de diversas lendas, mistérios e crenças por parte da população, devido a alguns eventos um pouco incomuns que aconteceram no lugar.

Na década de 30, pouco tempo depois de sua inauguração a Capela Nossa Senhora da Imaculada Conceição foi atingida por um raio, que acertou a cruz de metal que ficava no topo de igreja, danificando-a. O fenômeno foi visto como algo sobrenatural e a paróquia passou a ser vista como um local amaldiçoado e misterioso.

Não o bastante, mais tarde, nos anos 70, 40 anos após a capela ter sido restaurada, durante uma tempestade forte, a igreja foi atingida por mais três raios, fazendo com que a sua estrutura fosse destruída quase que completamente. De acordo com a crendice da população, havia uma lenda de que a igreja foi atingida pelos raios tantas vezes, porque embaixo da edificação existe uma suposta quantidade de ouro escondida.

Hoje a ciência nos explica que os raios atingindo a cruz de metal é apenas uma reação física, pois este material é um forte condutor de energia, além de estar localizado no alto de um morro, outro fator que ajudou a atrair os raios para a igreja. Após o ocorrido, as comunidades se dividiram. Bombinhas levantou a Capela Nossa Senhora dos Navegantes e Bombas a Capela Nossa Senhora da Imaculada Conceição, porém, em outro local.

Abandono
Entre os anos 1970 e 2000, a capela ficou totalmente abandonada por parte dos moradores, com a estrutura da antiga igreja completamente destruída, mal dava para distinguir que aqueles destroços já haviam sido uma linda capela. O terreno onde ainda estavam as ruínas do antigo monumento histórico, foi vendido.

No entanto, a iniciativa privada restaurou as ruínas do antigo templo. Durante aproximadamente um ano, a igreja foi reconstruída e reformada. A Capela da Nossa Senhora da Imaculada Conceição foi inaugurada pela terceira vez em 2005, na data que homenageia a padroeira, no dia 8 de dezembro.

O viés da reforma era manter o máximo possível de fidelidade à obra arquitetônica original. Os antigos moradores do município confirmaram a semelhança entre a atual paróquia e a que havia sido construída pela primeira vez, na década de 30.

Ao ver tamanha beleza e semelhança com a Capela construída na década de 30, fica difícil de acreditar que a edificação foi construída apenas baseada nas imagens antigas. Um fato curioso sobre a Capela da Nossa Senhora da Imaculada Conceição, é que o seu terreno foi comprado por Vilmar de Oliveira Schurmann, irmão do famoso velejador Vilfredo Schurmann, que deu a volta ao mundo ao lado da família e passou cerca de 20 anos em seu veleiro.

Quando Vilmar comprou o terreno, pouco do que havia no local ainda remetia à igreja que outrora esteve ali, desta forma, dedicou-se muito tempo para pesquisa e análise de fotos e documentos para deixar a paróquia mais próxima possível do que ela havia sido antigamente.

Pela falta de fotografias da parte interna igreja, ela foi reconstituída inspirada em outras capelas que foram erguidas na mesma época, com os móveis provenientes das mesmas fábricas, fazendo com que o interior da igreja fosse tão semelhante com a primeira capela, quanto a arquitetura e da parte externa.

O cessar dos raios
Desde sua reinauguração em 2005, a paróquia nunca mais foi alvo de raios. O que fez os raios cessaram, foi uma mudança feita em relação a construção anterior, a cruz. Antes, o objeto era feito de metal e hoje é de madeira, para evitar que outros raios caiam na paróquia, como já havia acontecido outras vezes.

A Capela Nossa Senhora da Imaculada Conceição também possui estacionamento próprio, na alta temporada fica aberta entre as 9h e as 18h, e não exige custos para os visitantes. Atualmente, o espaço é destinado a realização de casamentos batizados e demais atividades culturais e religiosas da comunidade.

A linda capela branca é um dos principais atrativos do Roteiro Cultural da Região Turística Costa Verde & Mar, por sua beleza e história inusitada. Quem conhece a paisagem sem saber da história, não imagina as lendas que o lugar despertou no imaginário da população.

Lendas essas, que se não tivessem cessado, até hoje estariam relacionando a capela com má sorte, ou mau agouro, pela quantidade de raios que a mesma atraiu.

Casamentos
Para os noivos de plantão, a capela não cobra aluguel para quem decidir casar no local, apenas uma pequena taxa de limpeza e manutenção do lugar.
Quando visitar a Capela da Nossa Senhora da imaculada Conceição, não esqueça de levar uma câmera fotográfica, pois além da beleza da paróquia, a vista que se tem de cima do morro em que ela está situada é maravilhosa. O passeio é ideal para ser feito no final da tarde, junto a família, para relaxar depois de um dia de praia.
 

5 Trilhas em Bombinhas para colocar no roteiro da sua viagem já

Bombinhas apesar de ser a menor cidade em extensão do estado de Santa Catarina, possui além das 39 lindas praias em sua península, diversas trilhas espalhadas pela cidade, cada uma com um charme diferente. Bombinhas é conhecida nacionalmente por todas as suas atrações focadas no turismo ecológico e pela beleza de suas paisagens.


Trilha do Morro do Macaco

Um dos principais destaques no roteiros dos turistas é o Morro do Macaco. Coincidentemente o local também conta com uma trilha, localizada em uma zona de preservação permanente, o Parque Natural Municipal do Morro do Macaco.

Esta trilha fica no bairro de Canto Grande e o nome dado à região em que ela se encontra é “cauda da baleia”, pois a paisagem natural do lugar, lembra muito a cauda do animal. A extensão do início ao fim do caminho é de 815 metros, 1600 metros ida e volta. É um trilha considerada como de dificuldade média, pois, existem diversos pontos íngremes durante o percurso.

Para que o passeio seja feito com calma, aproveitando a linda vista do lugar, leva cerca de duas horas, para ir e voltar. A trilha é segura, pode ser realizada por pessoas de todas as idades e é periodicamente revitalizada pela FAMAB de Bombinhas.

O topo do Morro do Macaco, ao final da trilha, é um mirante natural, que permite uma vista de 360° de Bombinhas. Do alto podem ser vistas as praias de Mariscal, Canto Grande, Zimbros e Morrinhos, assim como, a Ilhas da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, sendo elas, Deserta, Galés e o Calhau de São Pedro. Cidades como Tijucas e Governador Celso Ramos também podem ser visualizadas. Quando o céu está limpo, os turistas conseguem avistar a Ilha de Florianópolis e a ponte Hercílio Luz.


Trilha da Costeira de Zimbros

A Trilha Costeira de Zimbros, está localizada no final do bairro de Zimbros, no Parque Natural Municipal da Costeira de Zimbros. O trajeto é um pouco mais longo do que a Trilha do Morro do Macaco, com 2250 metros de extensão e 4500 metros somando ida e volta. O grau de dificuldade oscila entre o fácil e o médio. O passeio pode ser realizado com um guia local, trazendo mais segurança para a realização da atividade.

A trilha exige de 3 a 5 horas para ser completada. Quem optar fazer o passeio do início ao fim irá passar por 10 praias, sendo elas, Praia do Cardoso, Basílio, Pasto, Lau/Hermínio, Triste, Mauri, Santa, Vermelha e Lagoa Casqueiro. O trajeto também passa pela Cachoeira da Praia Triste. A extensão de cada praia varia entre 20 e 618 metros.


Trilha da Praia da Tainha

Trilha Ecológica da Praia da Tainha inicia no mesmo local que a Trilha do Morro do Macaco. O caminho é as margens do oceano, desvendando praias paradisíacas, pinturas rupestres e seu destino final é a Praia da Tainha, uma das praias mais procuradas pelos turistas que visitam Bombinhas.

O percurso até o fim da trilha é de 2590 metros, somando ida e volta, o trajeto é de 5180 metros. Apesar de se tratar de uma trilha relativamente longa, o grau de dificuldade é considerado fácil, pois não existem muitos obstáculos durante o percurso. A trilha leva de 3 a 5 horas para ser finalizada, considerando as paradas para descanso e para observação da vista.

Além das pinturas rupestres deixadas pelos moradores que viveram no local há muitos anos, a trilha também passa pelas belas praias abrigadas pelo Parque Nacional do Morro do Macaco, sendo elas, Tainha, Buraco Quadrado, Cação, Porto da Vovó, D’Águada e Figueira, além da Praia do Macuco, na ilha do Macuco.


Trilha da Sepulta

Sepultura é uma das mais belas praias de Bombinhas. A pequena praia tem apenas 95 metros de extensão e possui um mar tranquilo e muito límpido, com diversas espécies de peixes que atraem os turistas para a prática de Snorkel.

Passando a praia, existe uma trilha que leva até a Ponta das Garoupas. É uma trilha de dificuldade mediana e pode ser concluída em pouco tempo. Ela pode parecer ser muito íngreme no início, no entanto, ela vai se tornando cada vez mais fácil de ser explorada. A trilha tem menos de 2 km de extensão, somando a ida e a volta.

Existem muitas rochas enfeitando o percurso, assim como o céu e o mar. No meio do trajeto, existe uma pequena praia, conhecida como praia do Biguá. Ao fim da trilha, na Ponta das Garoupas, é possível ter uma vista panorâmica da Praia de Bombas, assim como, dos navios navegando em alto mar.

O nome da praia se deve a lenda de que um escravo havia sido morto em uma briga, em 1840, e que a suposta sepultura do homem, foi cavada nesta praia.


Trilha Quatro Ilhas

A praia de Quatro Ilhas é caracterizada por suas areias brancas e águas claras. À direita do mar, no canto da praia, está localizado o início da trilha, que nada mais é do que uma caminhada tranquila com poucos declives durante o seu trajeto.

Existem vários mirantes espalhados pelos cerca de 800 metros de extensão da trilha. Do alto do morrinho, é possível vislumbrar a Praia de Quatro Ilhas e uma porção da Praia do Atalaia. O trajeto demora cerca de 40 minutos, somando a ida e a volta, juntamente com as paradas para descanso e contemplação da natureza.

A trilha é muito bem sinalizada, desta forma, fica impossível que os turistas se percam. Existem poucas passagens de mata fechada durante o percurso, a maioria dos trechos, o visitante passa pela mata aberta.

Esta trilha tem uma vista um pouco diferente em relação as demais. Como o seu trajeto é feito beirando o mar e por cima dos paredões, é possível observar a vista durante todo o percurso. O fim da trilha oferece contato direto com a natureza, graças a mata fechada do local.

Existem duas formas de sair da trilha: por um pequeno rio localizado na praia, ou cortando-se pela mata para voltar para o começo da trilha.


Essas são apenas algumas das opções de trilhas disponíveis para serem feitas em Bombinhas. Conheça além da trilhas e dos passeios ecológicos, as belas praias que o local oferece!

Conheça Caixa DAço: uma das praias mais badaladas do litoral catarinense

Requinte, sofisticação e alegria em meio à um lugar paradisíaco. Assim é descrita uma das praias mais badaladas do litoral catarinense, o point dos iates, jet skis e veleiros.

A Caixa D’Aço ou Praia da Enseada fica em Porto Belo. O acesso pela capital Florianópolis ou mesmo para quem vem do litoral Norte do Brasil é pela BR 101. Para você que vai se hospedar em Bombas ou Bombinhas, são poucos quilômetros de distância. Para chegar até a praia, no entanto, é pelo mar de barco ou através de uma trilha de acesso.

Esses critérios de acesso tornam Caixa D’Aço desconhecida para muitos, já que o acesso de carro não é possível até a areia. Agora que você sabe, bora se aventurar por lá?

A maior diversão do local acontece em alto mar mesmo, já que as embarcações se aglomeram ali para fazer muitas vezes suas festas particulares esbanjando conforto, o que diferencia Caixa D’Aço de várias outras praias de Santa Catarina. Tradicionalmente, durante o verão, os iates formam grupos em alto mar, ficando bem próximos um do outro, para as festas mais badaladas.

Bares Flutuantes e Boat Delivery

Mas que graça teriam as festas em alto mar sem acesso facilitado à comidas e bebidas, não é mesmo? Sabendo disso, o empresariado local resolveu inovar, implantando o boat delivery, um serviço específico de entregas e atendimento direto nas embarcações. Você já pensou estar tranquilo e chegar alguém para entregar seu pedido de camarão ao molho de aspargos, com o melhor espumante? Através deste serviço, os turistas podem solicitar pratos especiais, bebidas das mais variadas opções e ficarem curtindo a festa ou ficarem descansados aproveitando a paisagem.

Mas não é só o serviço de boat delivery que esbanja qualidade. Os bares flutuantes também são opções vantajosas para quem aprecia também a gastronomia. Os peixes e camarões estão entre os mais pedidos, geralmente servidos em porções ou pratos. Para beber, os bares flutuantes apostam nos diversos sabores de caipirinhas, além das cervejas tradicionais.

Quem não possui embarcação para chegar até os bares flutuantes pode optar pelo deslocamento com pescadores locais que oferecem translado, com duração de aproximadamente 10 minutos.

Gente bonita, a gente vê por aqui!

Há quem diga que, durante o verão, Caixa D’Aço reúne as mulheres mais lindas da península. Elas vem de várias partes do mapa, especialmente para curtir o mar naquele pedaço de paraíso. As embarcações, especialmente nos finais de semana, viram uma espécie de “passarela náutica”. E isso ninguém discute. A beleza masculina também não deixa nada a desejar mas, o importante mesmo, é curtir e se divertir.

Em meio à natureza

Há uma contradição interessante na Praia de Caixa D’Aço: mesmo com a badalação nos iates e as festas que acontecem até mesmo no inverno, as águas tranquilas e transparências que contrastam com o verde da Mata Atlântica por quase todos os lados impressiona os turistas. A cor verde ao redor dá um tom diferenciado e convidativo para um agradável banho de mar. Esse fator agrada inclusive os que buscam tranquilidade, já que em parte específica da praia, é possível ficar apenas observando o agir da natureza e sentindo a leve brisa.

Para quem quer sair das embarcações e pisar em terra firme, a trilha na mata atlântica nas proximidades da praia também é um opção muito agradável.

Também tem praia

Para quem pensa que Caixa D’Aço é apenas mar e profundezas, está enganado. É claro que depende muito da maré, mas no local também tem faixas de areia, nos dois lados, inclusive, emolduradas por pedras. A água clara, morna e tranquila é o paraíso do público infantil que também se diverte com a variedade de conchinhas na areia.

E que nome é esse?

Um nome tão diferente para um lugar tão paradisíaco. Você já se perguntou o porquê? A gente explica!

Conforme relatos históricos, a praia foi assim batizada por um navegador português que teria escondido ali o seu navio de uma frota de naus inimigas espanholas. Ele teria afirmado na ocasião que “o local era tão seguro quanto uma caixa d’aço”. Geograficamente, a praia parece uma baía dentro da outra, dando segurança para ancorar embarcações.

Bora conhecer e aproveitar o melhor da vida?

Áreas preservadas e ecológicas para se aventurar em Bombinhas

Bombinhas é o menor município de Santa Catarina em extensão e possui 39 praias em sua península. A cidade é conhecida pelas suas áreas de preservação ambiental. O lugar mantém regras rígidas quanto ao cuidado com o meio ambiente por parte dos moradores e visitantes.

Grande parte dos visitantes tem curiosidade em conhecer a cidade pelas belezas naturais que ela possui. Em Bombinhas existem várias opções de parques e trilhas ecológicas, conheça as principais opções de lugares maravilhosos, para passar momentos de relaxamento em contato com a natureza, com uma vista de encher os olhos.

O local é considerado como um patrimônio ecológico e desde que foi fundado em 1922 e consegue adaptar a urbanização às características naturais da região. O bioma do local é a Mata Atlântica e ao longo da sua península, podem ser encontrados restingas, manguezais, costões rochosos e florestas ombrófilas densas.

A região possui diversas espécies diferentes de anfíbios, répteis, mamíferos, insetos, aves e peixes. Em razão da quantidade de árvores de grande porte em Bombinhas, existe um microclima nas matas, com mais sombra e umidade do que nas demais regiões.

Existem alguns lugares em Bombinhas que são chamariz para os turistas que gostam de manter um contato próximo com a natureza. Esses lugares atraem visitantes de todo o país para praticar mergulho, fazer trilhas, moutain bike e demais atividades que a cidade proporciona. Confira os principais destinos da capital do mergulho ecológico e escolha o que mais se encaixa com você!


Parque Municipal do Morro do Macaco
O Parque Municipal do Morro do Macaco é muito procurado pelos visitantes com perfil mais aventureiro e que gostam de fazer trilhas ecológicas. A Trilha da Tainha, por exemplo, tem cerca 3h de duração. Esta trilha era utilizada pelos nativos da região e ao longo do seu trajeto também se passa por trechos da Mata Atlântica, córregos e até mesmo uma gruta.

Durante o percurso pela Trilha da Tainha também é possível observar algumas fazendas marinhas, para o cultivo de mariscos no mar de Canto Grande. O destino final é a Praia da Tainha, uma das praias mais lindas de Bombinhas.

A Ilha do Macuco, também conhecida como Ilha do Amendoim, é escolhida pelas pessoas que gostam de manter contato direto com a natureza. A ilha tem águas límpidas e tranquilas, além de ser muito procurada por pescadores e mergulhadores.

No topo do Morro do Macaco é possível ter uma visão de 360° de toda região, avistando as praias de Mariscal, Morrinhos, Canto Grande e Zimbros, assim como as ilhas da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, as cidades de Tijucas, Governador Celso Ramos e Florianópolis, a capital de Santa Catarina.
Os praticantes de Paraglider também procuram o cume do Morro do Macaco para voar. O pôr-do-sol visto do local é um espetáculo à parte, caso o passeio se estenda até a noite, leve uma lanterna. A ponte Hercílio Luz iluminada é uma imagem maravilhosa também.

Como se trata de uma caminhada um pouco mais extensa, leve água e algo leve para comer, use roupas confortáveis, óculos de sol, protetor solar e um boné ou chapéu. Próximo do meio dia o sol está muito forte, porém é o horário com menos fluxo de pessoas.


Reserva Biológica Marinha do Arvoredo
A Reserva Biológica Marinha do Arvoredo é um dos maiores patrimônios naturais e arqueológicos do Brasil. Ela é constituída pelas Ilhas Deserta, do Arvoredo, Calhau de São Pedro e Galés. Locais com belas paisagens e propícios para praticar mergulho.

Esta Reserva também um centro de estudos científicos da fauna e flora marinha, por isso a caça, pesca ou introdução de espécies silvestres ou domésticas são proibidas, para não mudar a constituição do lugar.

A maior parte da Ilha do Arvoredo é coberta pela Mata Atlântica, abrigando grande diversidade de fauna de flora terrestres. A vegetação no local é praticamente intocada e a pesca é controlada rigorosamente.
Aproximadamente 70% da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo é fechada para visitação, apenas pesquisadores são liberados pelo IBAMA. No entanto, na parte sul da ilha, onde se encontra o farol da marinha, tem o acesso permitido para os visitantes.
Parque Municipal da Galheta
O Parque Municipal da Galheta é uma das três Unidades de Conservação do Município de Bombinhas e possui uma vegetação incrível proveniente da Mata Atlântica. Não há uma infraestrutura para receber visitante no local, no entanto, as trilhas têm alta procura durante a alta temporada. A Trilha da Galheta tem aproximadamente 3h de duração.

Este Parque tem um pouco mais de 1 km e parte do costão da Praia de Bombas. Existem outras opções de trilhas que podem ser feitas entre a Praia de Quatro Ilhas e a Praia do Mariscal, ou entre as Praias da Conceição e da Tainha.


Área de Relevante Interesse Ecológico da Costeira de Zimbros
O local está inserido na categoria de ARIE (Área de Relevante Interesse Ecológico) esta unidade tem proteção integral pelo município, definida como área de conservação de uso sustentável. Além de atrair visitantes por meio do turismo ecológico e a educação ambiental, esta área também ajuda na preservação e proteção da fauna e flora da região.

A trilha do local inicia e acaba na Praia da Lagoa, que oferece a possibilidade de tomar banhos de água doce. O percurso levar cerca de uma hora e passa por algumas praias selvagens como Cardoso, Triste e Vermelha.


Moutain Bike
Considerando a vasta quantidade de áreas preservadas da Mata Atlântica, com diversas trilhas com uma estrutura propícia para os praticantes de Mountain Bike. As regiões preferidas pelas pessoas que optam por essa aventura, se encontram na praia de Zimbros, que leva a cachoeira da Praia Triste, esta trilha é considerada pelos ciclistas a trilha mais difícil da região.

Gostou de conhecer um pouco mais as belezas naturais que Bombinhas tem para oferecer? Conheça Bombinhas, suas belas praias, aventure-se por suas trilhas e descubra por que a cidade é a capital do mergulho ecológico. O local é ideal para aproveitar as férias ao lado da família, dos amigos, ou a dois.

Somos Credenciados:

Somos credenciados nas melhores construtoras de Bombinhas.

Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência. Ao navegar neste site, você concorda com a nossa Política de Privacidade.